HortoNews

Colunas/Opinião

Conheça o colunista Edivaldo de Oliveira

Servidores são amigos do povo.

Conheça o colunista Edivaldo de Oliveira
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Nesta minha primeira coluna irei contar um pouco sobre minha trajetória e também sobre o meu trabalho do dia a dia.

Nasci em 1974 aqui na cidade de Hortolândia, onde moro desde então, sou casado, pai de família, morei por mais de 30 anos na região do Rosolém e atualmente moro na região do Remanso Campineiro, onde também trabalho.

Me formei como técnico em Administração e técnico em Informática, no qual atuei por mais de 20 anos como empresário na área de informática. Em paralelo prestei o concurso para Guarda Municipal em 1994, em que passei e hoje sou Inspetor de carreira.

+ Curta nossa página no Facebook

+ Siga-nos no Instagram @hortonews

+ Receba as últimas notícias de Hortolândia no seu WhatsApp

+ Saiba de tudo que acontece em Hortolândia e Região

Atualmente estou afastado da GM para atuar como presidente da Associação dos Servidores Públicos de Hortolândia (ASPH), onde tenho me empenhado na luta a favor dos servidores de Hortolândia, que enfrentam muitas adversidades no dia a dia.

Os servidores de nossa cidade não são valorizados, e muitos precisam trabalhar todos os dias em condições ruins de trabalho, como prédios depredados, sem manutenções ou muito velhos. Além disso, os cargos de chefia são priorizados por indicações políticas e não por tempo de serviço ou competência. Outra luta dos nossos funcionários públicos é para melhor remuneração, estamos há dois anos sem receber reajuste, nossa cesta básica é ruim e ainda temos que pagar parte dela. Recebemos um subsidio no plano de saúde, de acordo com o salário e idade.

Essas condições afetam a saúde psicológica do servidor e também o trabalho prestado por ele. Infelizmente, em nossa sociedade há um preconceito contra o funcionalismo público, que generaliza o mau serviço prestado por poucos servidores que acabam abusando da estabilidade de emprego, como se todos os funcionários agissem dessa maneira. Felizmente em nossa cidade, apesar de nossas condições de trabalho não ideais, os meus colegas, em sua maioria, estão sempre fazendo o melhor serviço possível e atendendo a população com respeito.

Meu objetivo com essa coluna é mostrar que nós servidores somos amigos do povo, somos profissionais e auxiliamos a população nos serviços mais essenciais, como segurança, saúde e educação. E como todos os trabalhadores deste país, merecemos ser respeitados, ouvidos e valorizados.

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!